Passatempos:

Archive for Novembro 2011

Compras do mês de Novembro... [2011]


.

Este é um mês particularmente especial para mim, pois é nele que comemoro o meu aniversário, e por isso, permito-me a algumas loucuras no que respeita a adquirir aqueles livros que já andam em lista de espera há imenso tempo...
Mas, contrariamente ao que seria esperado, isso não veio a acontecer, talvez porque nestas últimas semanas me sinta um pouco cansada e as leituras tenham ficado de certa forma descuradas, mesmo assim houve mais uns a juntar à prateleira.


E, mais estes dois que foram uns verdadeiros presentes, o primeiro por ter sido autografado pelo autor especialmente para mim e o segundo por ter sido uma verdadeira surpresa de uma já grande amiga destas andanças de páginas e leituras:


Um obrigado muito especial para estas duas pessoas por me ofereceram algo que realmente gosto.

E, aproximamo-nos a passos largos para o final de mais um ano, mas ainda nos falta um mês, aquele mês que nos faz muito mal à carteira e no qual acabamos por ter de nos esquecer um pouco de nós, por isso, não espero um número muito avultado de adquiridos... 

"O Medo do Homem Sábio" - Campanha Especial [Gailivro]


.

A Ameaça - Ken Follett [Opinião]


.

A Ameaça
Uma leitura que se começa e não se consegue interromper.
de Ken Follett   

Edição/reimpressão: Maio de 2011
Editor: Editorial Presença
Páginas: 352
ISBN: 978-972-23-3696-3
Colecção:  Minutos Contados, n.º 3

SinopseUnanimemente considerado um dos mestres actuais do policial, Ken Follett tem a capacidade única de, a cada novo romance, reinventar o próprio thriller. Em A Ameaça, um poderoso agente antiviral desaparece misteriosamente das instalações da Oxenford Medical, uma empresa farmacêutica que está a desenvolver um antivírus para uma das mais perigosas variedades do Ébola. Quem o poderá ter roubado? E com que obscuras intenções? Toni Gallo, responsável pela segurança da empresa, está profundamente consciente da terrível ameaça que o seu desaparecimento pode significar. Mas o que Toni, Stanley Oxenford, o director da empresa, e a própria polícia vão encontrar pela frente é um pesadelo capaz de ultrapassar os seus piores receios… Traições, violência, heroísmo e paixão num thriller absolutamente brilhante.



Ponto de Vista: Ken Follett é um autor mundialmente conhecido e reconhecido, e a sua escrita tem-me despertado imensa curiosidade, tanto pelo seu lado mais histórico como pela ficção. Mas a minha primeira escolha acabou por recair neste thriller que já vai na 9ª edição e que por cá tem merecido as melhores críticas.

“Tudo aquilo raiava a loucura. Mas o mundo estava louco.” 

Em A Ameaça, a morte de um dos funcionários da Oxenford Medical, uma conceituada empresa farmacêutica, veio abalar a estrutura de segurança a cargo de Toni Gallo, uma experiente ex-polícia. Só que ela não podia prever que nas vésperas de Natal, uma situação ainda mais grave acontecesse: o roubo da amostra de um dos vírus mais mortais de que há memória.

“Só podia haver uma razão para alguém comprar o Madoba-2: o desejo de fazer um grande número de vítimas.”

Mas um mal nunca vem só, e quando Toni decide comunicar o sucedido ao director da empresa, Stanley Oxenford, descobre que o mentor do roubo foi o próprio filho de Stanley, que levado pelo desespero das dívidas de jogo que contraiu vê-se num caminho sem retorno. A realidade não podia ser mais devastadora e atinge toda a família de Stanley, que se vê envolvida em interesses, mágoa e perdas irreparáveis, e que só pela bravura de alguns conseguirá manter-se viva.

“Os dados estavam lançados, arriscara uma aposta e agora não havia mais nada a fazer a não ser ganhar ou perder.”

Cada personagem é bem caracterizada, com uma personalidade única e, de uma forma ou de outra, tem um papel a desempenhar no desenvolvimento da história, mas sem dúvida, os que me conquistaram pela sua coragem e rebeldia foram os adolescentes Craig e Sophie, os verdadeiros heróis da história, pois perante uma situação de desespero onde toda a família corre risco de vida enfrentam armas e criminosos.
A parte principal da acção passa-se num curto período de dias, e a sensação que se tem é que tudo acontece em câmara lenta, como se fosse ao minuto, nenhum pormenor é descurado, e se por um lado a nossa imaginação dificilmente pode fugir ao que está escrito por outro também se vai perdendo o entusiasmo inicial pois sentimos que tudo demora demasiado para acontecer.

No entanto, e mesmo a ter ficado um pouco aquém das minhas expectativas, continuo a achar que foi uma óptima leitura pois os vários temas que se encontram enredados em toda a história, como a morte de animais em prol da ciência, um vírus letal ser utilizado como uma arma, o vício do jogo, os dramas familiares ou o amor em qualquer idade, torna-a realmente singular.
Facilmente se denota que Ken Follett possui uma escrita madura, pensada e justificada, e que construiu uma história para fazer o leitor reflectir numa série de questões que se levantam após a leitura, e talvez fosse um livro para se encaixar mais num romance que propriamente num thriller, pois a maior ameaça acaba por não ser o vírus Madoba-2, mas algo muito mais pessoal.

A Ameaça é uma história essencialmente familiar, onde todos têm os seus segredos e as suas fraquezas, sendo um bom livro para quem queira descobrir a escrita do autor ou que procure ler um thriller mais ligeiro mas igualmente intrigante.


Em estrelas: 4¸.•☆



Passando por outras páginas...

"Coma Comigo" - Convite para Lançamento [Clube do Autor]


.

Passatempo - "Tu És o Meu Coração" de Alan Lazar [Casa das Letras]


.



A partir de hoje e até dia 4 de Dezembro às 23:59h, o Clorofórmio do Espírito em parceria com a Casa das Letras, irá sortear DOIS exemplares de Tu És o Meu Coração de Alan Lazar, autor que se estreia com este comovente livro.



Um romance terno e viciante sobre a família, o amor perdido, e um cão que tenta encontrar o caminho de regresso a casa.
Assim, para se poderem habilitar a receber em casa o exemplar gentilmente cedido pela Casa das Letras, basta responder e seleccionar as respostas correctas às 4 questões colocadas no formulário.

As respostas poderão ser encontradas aqui.


Boa sorte!


Nota:
» Só será aceite uma participação por pessoa/e-mail e para residentes em Portugal Continental e Ilhas.
» Os resultados serão depois publicados no blog e, posteriormente, serão contactados por e-mail os vencedores do passatempo para disponibilizarem os restantes dados necessários ao envio do livro.
» É importante que CONFIRMEM O E-MAIL com frequência porque é a minha ÚNICA forma de contacto com os vencedores e, ao fim de uma semana, se não obtiver resposta, serei obrigada a sortear outra pessoa.

Resultado do Passatempo - "Peto" de Paula Cairo [Livros d'Hoje]


.



Aqui fica o resultado do último passatempo do Clorofórmio do Espírito que contemplará um vencedor com um exemplar de Peto da autora Paula Cairo, gentilmente cedido pela Livros d'Hoje, agradecendo desde já por todas as participações obtidas (218).





Vamos então aos resultados:

Questão: Quantos anos viveu Peto na rua?
3ª opção = Doze anos    (0 respostas erradas)

Questão: Qual a doença de que Peto padecia?
Leishmaniose   (6 respostas erradas ou incompletas, e porque a pergunta era um pouco dúbia, aceitei também Artrite como resposta)

Questão: A sorte de Peto mudou quando Paula reparou…
...no cão meigo e triste que se arrastava cheio de sangue, terra e pó.   (2 respostas erradas ou incompletas)

Questão: O que deu coragem a Paula Cairo para se expor escrevendo para os outros lerem?
O Peto   (4 respostas erradas ou incompletas)


Sendo assim, só falta mesmo o nome do vencedor:

    » 118 = António José Alves - Aveiro 



Parabéns! Espero que Peto lhe traga bons momentos de leitura. Resta-me aguardar, posteriormente, por um feedback da sua parte.

E, para os que não venceram, agradeço, mais uma vez, pela participação e não deixem de tentar a vossa sorte!...

"A Devota" - Destaque e Convite para Lançamento [Alfarroba]


.


Passatempo - "Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil" de Leandro Narloch [Livros d'Hoje]


.


A partir de hoje e até dia 30 de Novembro às 23:59h, o Clorofórmio do Espírito em parceria com a Livros d'Hoje, irá sortear UM exemplar de Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil de Leandro Narloch, uma história que não podia ser contada sem falar de Portugal.



Assim, para se poderem habilitar a receber em casa o exemplar gentilmente cedido pela Livros d'Hoje, basta responder e seleccionar as respostas correctas às 4 questões colocadas no formulário.


As respostas poderão ser encontradas aqui.


Boa sorte!


Nota:
» Só será aceite uma participação por pessoa/e-mail e para residentes em Portugal Continental e Ilhas.
» Os resultados serão depois publicados no blog e, posteriormente, serão contactados por e-mail os vencedores do passatempo para disponibilizarem os restantes dados necessários ao envio do livro.
» É importante que CONFIRMEM O E-MAIL com frequência porque é a minha ÚNICA forma de contacto com os vencedores e, ao fim de uma semana, se não obtiver resposta, serei obrigada a sortear outra pessoa.

Destaque - "Mulherzinhas" de Louisa May Alcott [Oficina do Livro]


.

Acaba de chegar às livrarias o famoso clássico da literatura juvenil que conta a história da família March. 


Mulherzinhas, de Louisa May Alcott é uma história em que o amor e a coragem se revelam mais fortes do que todas as dificuldades que estas quatro raparigas, juntamente com a sua mãe têm de enfrentar.


Mulherzinhas
de Louisa May Alcott
P.V.P.: 13,90 €
ISBN: 978-989-555-821-6
Nº de Páginas: 392

 Sinopse:

«As irmãs Meg, Jo, Beth e Amy conhecem algumas dificuldades depois da partida do seu pai para a guerra e dos problemas económicos que a família enfrenta. Mas o espírito lutador e de união que reinam naquele lar ajudam-nas a seguir em frente. Quer em casa quer nas relações com os amigos e vizinhos, elas conseguem surpreender e continuar a ser fiéis aos seus sonhos, vivendo cada dia com esperança e boa disposição.»














Sobre a Autora:
  • Louisa May Alcott (Filadélfia, 29 de novembro de 1832 - Boston, 6 de março de 1888) foi uma escritora estadunidense, que se dedicou principalmente à literatura juvenil. 
  • Foi educada pelo pai, o filósofo e educador Amos Bronson Alcott, tendo a oportunidade de conviver com intelectuais como Thoreau e Emerson. 
  • Louise sonhava ser actriz, mas tornou-se escritora. Inspirou-se nas próprias experiências para escrever as suas histórias. Mulherzinhas (1868), o seu romance mais famoso, apresenta o retrato de uma família de classe média americana do seu tempo, salientado os seus valores morais: civismo e amor à pátria (que chega ao sacrifício dos seus filhos) e dedicação extrema ao lar e ao próximo. Este romance foi transformado em filmes para cinema, tv e séries muitas vezes, desde a primeira versão registrada no IMDB em 1917.

Grace - Richard Paul Evans [Opinião]


.

Grace
Um grande amor. Uma tragédia. E a vida depois de tudo isso.
de Richard Paul Evans   

Edição/reimpressão: Setembro de 2011
Editor: Arcádia
Páginas: 344
ISBN: 9789892800561
Colecção: Arcádia Ficção

SinopseEla foi o meu primeiro beijo. O meu primeiro Amor. Ela era a pequena menina dos fósforos que conseguia ver o futuro na chama de uma vela. Uma fugitiva que me ensinou mais sobre a vida que qualquer pessoa antes ou depois. E quando partiu a minha inocência partiu com ela. Agora que começo a escrever, uma parte de mim sente que estou a acordar algo que era melhor que permanecesse morto e enterrado ou, pelo menos, enterrado. Podemos enterrar o passado mas ele nunca morre realmente. A experiência daquele Inverno cresceu em mim como hera na parece de uma casa, crescendo até ao ponto de fazer rachar tijolo e cal. Rezo para poder ainda contar a história como deve ser. A minha memória, como a minha vista, estão a desvanecer-se com a idade e já lá vão bem mais de 50 anos. Ainda assim há coisas que ficam mais claras com o passar do tempo. Pelo menos disto tenho a certeza: naqueles tempos houve demasiadas coisas mantidas em segredo. Coisas que nunca deveriam ter sido escondidas e outras que nunca deveriam ter sido reveladas.



Ponto de Vista: Não sou a maior adepta do romance que ‘faz chorar as pedras da calçada’, e esta história de Richard Paul Evans, mesmo envolvida por uma bonita capa, tem uma sinopse que me fez recear se não estaria precisamente perante um desses romances…

“O Eric não conseguiu perceber por que é tão importante para mim ter um diário. Talvez eu só queira deixar alguma prova de que existi.
Diário de Grace

Grace é uma história contada na primeira pessoa, mas é acima de tudo memórias de uma vida, desde a inocência e ingenuidade de criança à dura realidade da vida adulta.
Eric revive o passado com um intervalo de décadas, um passado que lhe deixou marcas profundas, que lhe construiu o carácter e que o fez tornar-se uma pessoa de causas.

“A semente que Grace plantou no meu coração vai pôr muitas gerações de crianças a salvo da negligência e do abuso.”  

Vive-se os conturbados anos 60, em que a iminência da guerra pairava sobre todos como uma verdadeira ameaça, mas para Grace a sua maior ameaça estava bem mais perto dela e, por isso, decide fugir de casa, sem medo nem arrependimento.
E neste novo caminho que traçou para si encontra Eric, que surge como a personificação do bem, que lhe dá uma mão amiga, abrigo e, por fim, o sentimento mais grandioso: amor genuíno, que não cobra e não magoa, algo que juntos irão descobrir e viver intensamente.

“Acho que estava à beira daquela que devia ser a fantasia das fantasias para a maior parte dos adolescentes, mas não tinha mais de catorze anos e o sexo oposto aterrorizava-me tanto como me desorientava.”

Mas, Grace é uma fugitiva, e uma criança desaparecida aos olhos dos outros, e tarde ou cedo, o seu refúgio na cabana de Eric e Joel, o seu irmão, irá ser descoberta, mas até esse dia acontecer, Eric pretende dar à sua primeira namorada tudo o que de melhor tiver, e mais ainda quando descobre o seu segredo, algo que terá implicações num futuro demasiado próximo.
Mesmo passando por imensas dificuldades financeiras, Eric prepara várias surpresas a Grace com a cumplicidade do seu irmão mais novo Eric, e no Natal os seus esforços serão redobrados, dando asas ao sonho de Grace e acabando ambos por viver um momento mágico e inesquecível.

“Acho que o segredo de uma vida feliz é termos memória selectiva. Lembremos os momentos que nos são gratos e esqueçamos rapidamente os que o não são.”
Diário de Grace

Só que essa felicidade seria demasiado efémera, pois Eric vê-se obrigado a revelar o esconderijo de Grace, e é a partir desse momento que o destino de ambos será traçado de uma forma irremediável.

Richard Paul Evans constrói uma história real, que muitas vezes se pode passar mesmo ao nosso lado e à qual nunca se dá a devida atenção. Por isso, o que o autor pretendeu com este retrato foi dar voz aos silêncios vividos por muitos adolescentes, que não passam de crianças, a quem lhes é roubada a inocência.
Os temas abordados são imensos, e existe um contraste enorme entre eles, pois se por um lado encontramos sentimentos como o amor, a amizade, os laços familiares, a religião, por outro somos atingidos pela a pobreza, a doença, o bulling, o abuso sexual, e até a guerra.
A pureza de sentimentos vividos por Grace e Eric, assim como a sua coragem nas adversidades demonstra a grande diferença que existe entre o ser adulto e ser adolescente, pois dentro da irresponsabilidade de alguns actos, a justiça do seu carácter não tem em conta aquilo que parece bem aos olhos dos outros.

“Na maioria das recordações, os momentos bons desvanecem-se enquanto os maus ficam firmemente gravados nos recantos dos nossos corações.”

E, como já devem ter percebido, o meu receio inicial veio a concretizar-se, pois o que vamos encontrar neste livro é uma realidade tão dura, que será impossível ficar-lhe indiferente, emociona, revolta e desgasta-nos de uma forma tão profunda que dificilmente será possível de esquecer.

Assim Faria
Por Grace Webb

«Se pudesse iluminar a tua vida como tu iluminaste a minha. Assim faria.
Se pudesse amar-te tão profundamente como tu me amaste. Assim faria.
Se pudesse sarar o teu coração como tu saraste o meu. Assim faria.
Se pudesse conduzir-te até Deus como tu me conduziste. Assim faria.
Se pudesse dar-te a esperança que tu me deste. Assim faria.

Se pudesse ficar contigo para sempre. Assim faria.»


Em estrelas: +3¸.•☆



Passando por outras páginas...

Resultado do Passatempo - "Escravos do Amor" de Kate Pearce [Quinta Essência]


.



Aqui fica o resultado do último passatempo do Clorofórmio do Espírito que contemplará um vencedor com um exemplar de Escravos do Amor da autora Kate Pearce, gentilmente cedido pela Quinta Essência, e que foi mais um sucesso no que diz respeito a participações, as quais agradeço desde já (264).








Vamos então aos resultados:

Questão: Onde trabalhou Lorde Valentin Sokorvsky?
Num bordel turco, como escravo sexual.   (3 respostas erradas ou incompletas)

Questão: O que sente secretamente Sara Harrison por Lorde Sokorvsky?
1ª opção = Sente-se excitada e atraída    (3 respostas erradas)

Questão: Como se caracteriza Sara Harrison?
3ª opção = Uma mulher calma e de maneiras requintadas    (8 respostas erradas)

Questão: O que permitiu a Kate Pearce realizar o seu sonho de escrever um romance?
Mudar-se para os Estados Unidos   (5 respostas erradas ou incompletas)


Sendo assim, só falta mesmo o nome do vencedor*:

    » 32 = Susana Marta Ferreira Salvador - Lisboa 

*O sorteio é feito com a ajuda do random.org (adaptado ao meu blog) que,
de forma aleatória, me permite saber qual o número vencedor de entre as participações validadas. 
Parabéns! Espero que Escravos do Amor lhe traga bons momentos de leitura. Resta-me aguardar, posteriormente, por um feedback da sua parte.

E, para os que não venceram, agradeço, mais uma vez, pela participação e não deixem de tentar a vossa sorte!...

Passatempo - "Desejo" de J.R. Ward [Quinta Essência]


.


A partir de hoje e até dia 27 de Novembro às 23:59h, o Clorofórmio do Espírito em parceria com a Quinta Essência, irá sortear UM exemplar de Desejo de J.R. Ward, autora galardoada com o prestigiado Rita Award para para Melhor Romance Paranormal.


 
«Não vão querer perder este livro, porque Ward ainda é capaz de tecer uma boa história com uma reviravolta surpreendente no final.»
smokinghotbooks.com
Assim, para se poderem habilitar a receber em casa o exemplar gentilmente cedido pela Quinta Essência, basta responder e seleccionar as respostas correctas às 4 questões colocadas no formulário.


As respostas poderão ser encontradas aqui.


Boa sorte!


Nota:
» Só será aceite uma participação por pessoa/e-mail e para residentes em Portugal Continental e Ilhas.
» Os resultados serão depois publicados no blog e, posteriormente, serão contactados por e-mail os vencedores do passatempo para disponibilizarem os restantes dados necessários ao envio do livro.
» É importante que CONFIRMEM O E-MAIL com frequência porque é a minha ÚNICA forma de contacto com os vencedores e, ao fim de uma semana, se não obtiver resposta, serei obrigada a sortear outra pessoa.

Destaque - "O Voyeur" de Brian Freeman [Presença]


.


O mal tem olhos que vêem na escuridão...

O Voyeur
de Brian Freeman
P.V.P.: 16,60 €
ISBN: 978-972-23-4659-7
Nº de Páginas: 376

Sinopse:
Ao longo de trinta anos, Jonathan Stride, o carismático detetive que chefia a Brigada de Detetives da polícia de Duluth, foi assombrado por um crime do passado - o violento e incompreensível homicídio de Laura Starr. Mas quando Tish Verdure regressa à cidade na posse de novas provas e determinada a reabrir o processo para que o assassino da sua amiga de juventude seja punido, Stride ganha um novo fôlego e dá início a uma nova investigação. Em O Voyeur, o suspense adensa-se, o ritmo acelera e a adrenalina atinge níveis quase insustentáveis. Um romance noir, genialmente orquestrado, que vem confirmar Freeman como um grande mestre do thriller.

»» Ler excerto...


«Realçado por ambientes sombriamente poéticos e por uma admirável caraterização das personagens... este romance perturbador e inquietante deixa-nos na ignorância até às últimas páginas.» | Publishers Weekly 



Sobre o Autor:
  • Brian Freeman é um conceituado autor de romances policiais. Iniciou a sua carreira de escritor aos 41 anos com a obra Segredos Imorais, galardoada com o Macavity Award para melhor primeiro romance e finalista de outros prémios tão prestigiosos quanto o Edgar Award, o Dagger Award, o Anthony Award e o Barry Award. 
  • O seu segundo livro, Cidade Inquieta, foi alvo das mais elogiosas críticas e considerado um dos melhores policiais do ano da sua publicação pelo South Florida Sun Sentinel. 
  • Perseguida, o seu terceiro romance, recebeu igualmente a aclamação unânime do público e da crítica. As suas obras, caracterizadas por um intenso suspense psicológico, tornam-se invariavelmente bestsellers internacionais, e Freeman é hoje considerado a par de nomes como Hitchcock, Chandler, Ellroy ou Harlan Coben.

«««»»»

Para mais inf.
clique na imagem
 
Cidade Inquieta**

P.V.P.: 20,19 € 12,20 €
Colecção:  O Fio da Navalha
Nº na Colecção: 98
Data 1ª Edição: 08/01/2008
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-3885-1
Nº de Páginas: 408





Sinopse:
Em Las Vegas, cidade onde o glamour e o vício brilham no máximo esplendor, ocorrem dois crimes sem aparente motivação e sem relação evidente entre si. Os detectives Strider e Amanda estão a investigar o assassínio à queima-roupa de um herdeiro de uma grande fortuna. Serena Dial, mulher de Strider, está por seu lado ocupada com o caso chocante de um rapazinho mortalmente atropelado por um condutor que fugiu. Outros crimes ocorrem e começam a configurar uma ligação à morte de uma bailarina exótica ocorrida no lendário Sherezade, um casino dos anos 60. Stride e Serena mergulham fundo nas intrigas de Sin City, mas como denunciar alguém intocável sem pôr em risco a própria segurança? Este thriller, de grande modernidade, apresenta um detective recentemente surgido no mundo do policial que conta já com inúmeros apreciadores.

* Para território nacional.
**Livro da semana de 14 a 20 de Novembro. 

"Papa Quilómetros" - Convite para Lançamento [Casa das Letras]


.


"Ciclo do Livro" - Convite para Apresentação [Gailivro]


.


Destaque - "Nunca se Perde uma Paixão" de Eduardo Sá [D.Quixote]


.









Como muito bem diz Eduardo Sá há...
Histórias e ensaios sobre o amor

Que não devem deixar de ser lidos...  


Nunca se Perde Uma Paixão
de Eduardo Sá
P.V.P.: 14,90 €
ISBN: 978-972-20-4641-1
Nº de Páginas: 280



Sinopse:
Um livro que nos faz descobrir que «a segunda prioridade de toda a vida é conquistar um grande amor. A primeira, nunca o perder.»
«Todo o amor é tímido. E excêntrico, talvez. Não se previne nem se explica. Por tudo isso, não sei se deva escrever sobre o amor. (...)
Este livro apanhou-me desprevenido. E talvez só isso tenha feito, tomado por hesitações, aventurar-me nele. Porque é assim - suponho eu - que, em todos nós, se vive qualquer amor: de forma singular e com a descontracção que só se tem diante dos gestos com qualquer coisa de banal. Por isso mesmo, não há como escrever sobre o amor. Será mais ele que nos escreve a nós.»










Sobre o Autor:
  • Eduardo Sá é psicólogo e psicanalista. Professor de Psicologia Clínica e de Psicanálise na Universidade de Coimbra e no ISPA, em Lisboa.
  • Autor de livros de divulgação e de textos psicanalíticos. Colabora, atualmente, na revista Pais & Filhos e desde há vários anos, diariamente, na Antena 1.
  • Nunca se Perde uma Paixão é o seu mais recente livro.

"A Guerra dos Mascates" - Convite para Lançamento [D.Quixote]]


.


Destaque - "Astrologia e Guia do Amor 2012 " de Paulo Cardoso [Livros d'Hoje]


.

O mais recente livro de Paulo Cardoso apresenta informações detalhadas sobre o que os astros lhe revelam para o próximo ano. 


Astrologia e Guia do Amor 2012
de Paulo Cardoso
P.V.P.: 13,90 €
ISBN: 9789722048484
Nº de Páginas: 552

Sinopse:
As edições Astrologia e Guia do Amor encontram-se agora reunidas num só volume, facilitando a consulta das previsões de cada Signo e as compatibilidades amorosas do leitor, ao longo de todas as semanas de 2012. Além da definição das características gerais de cada um dos Signos do Zodíaco, apontamos ainda algumas descrições mais específicas ou respostas às questões mais frequentes: «Como ama cada Signo?», «Como conquistar cada um deles?», «O que é a Astrologia?», ou «Há Livre Arbítrio?» Com tabelas que mostram mês a mês a tónica afectiva de qualquer pessoa, não só tendo em conta o Signo a que pertence, mas também a data de nascimento, temos não 12 mas 365 tipos de previsões diferentes, o que origina respostas mais personalizadas e, sobretudo, possibilita maiores vantagens nesta conjuntura tendencialmente difícil.

«Estando nós a viver um momento único na História, caminhando de crise em crise, não devemos ficar imobilizados perante os constrangimentos resultantes dos graves problemas sociais, mas antes usar todo o potencial que está patente nos «nossos astros» de nascimento, tirando partido das nossas virtudes, desenvolvendo os nossos talentos. Não acredito nas teses catastróficas da destruição do planeta no final de 2012. Não acredito que estejamos à beira do fim do mundo. E não acredito sequer que isto seja o princípio do fim, pelo contrário, sinto que estamos no início de uma nova era da consciência humana.
Astrologia e Guia do Amor 2012 é a prova da minha fé nesse tempo, a minha crença nesse futuro!»


Sobre o Autor:
  • Astrólogo, pintor e ensaísta, Paulo Cardoso publicou até ao momento 35 livros.
  • Oriundo de uma família de músicos e artistas plásticos, Paulo Cardoso nasceu e vive em Lisboa. Depois de terminar o curso de Química, frequentou simultaneamente o Conservatório Nacional e a Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa. Na área da Astrologia realizou, até ao momento, cerca de 18.500 estudos astrológicos, sendo considerado o mais prestigiado astrólogo português.
  • Desde 1978 que Paulo Cardoso tem publicado trabalhos em jornais e revistas de Portugal, Espanha, França e Bélgica, e colaborado com depoimentos e entrevistas destinados à realização de documentários para as televisões portuguesas, brasileiras, inglesas e alemãs.
  • Colabora regularmente em dez meios de comunicação social (imprensa e internet) que, no seu conjunto, contam com uma audiência de mais de 4,5 milhões de leitores.
  • Para saber mais sobre o autor visite a página oficial: www.paulocardoso.com.
«««»»»

Um pequeno comentário sobre o livro...

Vou ser sincera, não sou a pessoa mais convicta no que diz respeito às previsões astrológicas, nem tenho muito o hábito de ver o que me reserva o meu signo, apesar de achar que no que respeita às características de cada um estas não fogem muito à nossa personalidade, daí a minha maior curiosidade em relação aos signos se prender essencialmente com o que define cada um.

E já que o assunto é mesmo esse deixo aqui um pequeno excerto do livro relativo ao meu signo: ESCORPIÃO, e que admito tem muito a ver comigo.

«Apaixonado, mas também torturado pela sua capacidade de sentir todos os momentos da vida, é atraído pelo mistério, pelo inacessível, pelo oculto.

Por vezes anjo, por vezes demónio, o Escorpião move-se entre os limites que dão, de facto, profundidade e direcção à vida. Ele não se compadece com os meios termos e detesta a hesitação.

O Escorpião tem fama de ser vingativo e ciumento. Puro engano. Ele é, sim, apaixonado pela vida, senhor de uma vontade férrea e de um forte sentido de justiça.

Autoritário com os outros e exigente consigo mesmo, ele é rígido nos seus métodos, nas suas ambições e nas suas atitudes.

É dos seres mais apaixonados e intensos que existe, com uma capacidade de entrega pouco comum, mas necessita do seu espaço e dos seus momentos de silêncio.»


» Assim, se tiverem curiosidade em saber mais sobre o vosso signo e/ou sobre o que vos reserva o ano de 2012 basta adquirirem este livro.

Resultado do Passatempo - "No Anexo" de Sharon Dogar [Asa]


.



Aqui fica o resultado do último passatempo do Clorofórmio do Espírito que contemplará um vencedor com um exemplar de No Anexo da autora Sharon Dogar, gentilmente cedido pela Asa, agradecendo desde já por todas as participações obtidas (202).






Vamos então aos resultados:

Questão: Como se chama o rapaz que se apaixonou por Anne Frank?
Peter van Pels (8 respostas erradas ou incompletas)

Questão: De que tem medo Peter?
1ª opção = De ser cobarde, de nunca vir a fazer amor com uma rapariga…   (17 respostas erradas)

Questão: O diário de Anne termina a…
2ª opção = …4 de Agosto de 1944.  (3 respostas erradas)

Questão: Qual é a profissão de Sharon Dogar?
Psicoterapeuta de crianças    (15 respostas erradas ou incompletas)


Sendo assim, só falta mesmo o nome do vencedor*:

    » 196 = Gonçalo Mil-Homens Pedreira - Lisboa 


*O sorteio é feito com a ajuda do random.org (adaptado ao meu blog),
que de forma aleatória, me permite saber qual o número vencedor de entre as participações validadas. 

Parabéns! Espero que No Anexo lhe traga bons momentos de leitura. Resta-me aguardar, posteriormente, por um feedback da sua parte.

E, para os que não venceram, agradeço, mais uma vez, pela participação e não deixem de tentar a vossa sorte!...



O Diário de Anne Frank. © www.annefrank.org

»» Por curiosidade, uma das perguntas que constava do formulário era se já tinham lido o livro O Diário de Anne Frank e, no que diz respeito às respostas afirmativas, as opiniões exprimem-se essencialmente em dois adjectivos: Comovente e Marcante. Ficam aqui algumas das frases que melhor definem a história:

«Li, e já duas vezes. Cada vez que leio, sinto a história de uma forma diferente. E reparo em pormenores diferentes. É um retrato infeliz dos tempos da guerra. Como sou apreciador, gostei muito. Aconselho vivamente.»
- Marco Gonçalves Almeida -

«Li quando ainda era bastante jovem e fiquei chocada pelo trágico fim de Anne e ao mesmo tempo espantada pela sua ingenuidade, inocência e alegria no meio de tão grande provação.Gostei muito do livro e voltei a lê-lo anos mais tarde, voltou a "tocar-me" de forma ainda mais profunda pois por essa altura já conhecia melhor o Genocidio levado a cabo pelos Nazis e "sabia" o que Anne e a sua familia tinham sofrido.»
- Maria Isabel Pinto Magalhães - 


«Li e gostei muito. Muito sentido e emocionante. É um hino à vida.»
- Elisa Valente da Silva Carvalho - 

«É absolutamente incrível. É mais do que um livro, é um testemunho vivo de uma crueldade inimaginável.»
-Cláudia Dos Anjos Ribeiro-

Dia de S. Martinho... [Feliz Dia!]


.

Fonte -


- Lenda de S. Martinho -

»» Segundo reza a lenda, num dia frio e tempestuoso de Outono, um soldado romano, de nome Martinho, percorria o seu caminho montado no seu cavalo, quando deparou com um mendigo cheio de fome e frio. O soldado, conhecido pela sua generosidade, tirou a sua capa e com a espada cortou-a ao meio, cobrindo o mendigo com uma das partes. Mais adiante, encontrou outro pobre homem cheio de frio e ofereceu-lhe a outra metade. Sem capa, Martinho continuou a sua viagem ao frio e ao vento quando, de repente, como por milagre, o céu se abriu, afastando a tempestade. Os raios de sol começaram a aquecer a terra e o bom tempo prolongou-se por cerca de três dias. Desde essa altura, todos os anos, por volta do dia 11 de Novembro, surgem esses dias de calor, a que se passou a chamar "verão de S. Martinho".

 Fonte: In Infopédia

Passatempo - "Peto" de Paula Cairo [Livros d'Hoje]


.


A partir de hoje e até dia 20 de Novembro às 23:59h, o Clorofórmio do Espírito em parceria com a Livros d'Hoje, irá sortear UM exemplar de Peto de Paula Cairo, que desde que se lembra sempre adorou os animais por os considerar seres sensíveis, puros e genuínos.



Assim, para se poderem habilitar a receber em casa o exemplar gentilmente cedido pela Livros d'Hoje, basta responder e seleccionar as respostas correctas às 4 questões colocadas no formulário.


As respostas poderão ser encontradas aqui.


Boa sorte!


Nota:
» Só será aceite uma participação por pessoa/e-mail e para residentes em Portugal Continental e Ilhas.
» Os resultados serão depois publicados no blog e, posteriormente, serão contactados por e-mail os vencedores do passatempo para disponibilizarem os restantes dados necessários ao envio do livro.
» É importante que CONFIRMEM O E-MAIL com frequência porque é a minha ÚNICA forma de contacto com os vencedores e, ao fim de uma semana, se não obtiver resposta, serei obrigada a sortear outra pessoa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ouvindo...

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 Generic License